Quem Somos   
Felipe Curi e Cláudia Leonel cresceram no meio da pecuária de corte, principalmente de Nelore. Procurando um animal com menor volume, mais mansidão e mais rendimento de carne, chegaram até o Sindi.
"É muito bom criar Sindi, pois o gado aceita o convívio das pessoas, sem se alterar. Nunca um animal investe contra um visitante; é raça mansa desde o Paquistão”
Embora seja um gado de menor altura de pernas, a raça apresenta uma notável pujança muscular, precocidade evidente e excelente habilidade materna. Tudo isso conjugado poderia levar ao correto boi-de-corte, nos imensos campos brasileiros. “O Boi do Futuro é aquele que acaba dando um bom lucro para o bolso, para o meio ambiente e para o consumidor” - diz a literatura técnica.

Diante do fabuloso resultado no meio-sangue “Sindinel”, resolveram manter sua própria seleção da raça SINDI. Fizeram as primeiras compras no histórico rebanho da Fazenda Castilho. A seguir, percorreram as mais importantes exposições e eventos, observando o comportamento da raça.

Sendo raça de deserto, era importante avaliar a APTIDÃO MATERNA, FRUGALIDADE e PROLIFICIDADE no ambiente mais rústico do Brasil: o Semiárido nordestino. O resultado da expedição foi uma firme convicção de ter encontrado ouro para uma moderna pecuária.
CONTATO@sindidaporangaba.COM.BR
(16) 3610-0302
Sindi da Porangaba - Todos os direitos reservados
R. Visconde de Inhauma, 490 conj. 1406, Centro - Ribeirão Preto/SP
rurally